quinta-feira, 23 de agosto de 2012

O Cântaro de prata - Andréia Sales

 

Nascer no dia de um deus é, sem dúvida, algo especial. Pode trazer muita sorte, mas também pode trazer muito sofrimento. No aniversário de quinze anos de Aléxia Sfakianakis sua vida mudaria para sempre. Após receber a notícia de que estava noiva de seu melhor amigo e de sua mãe ter sido baleada, o único acontecimento feliz daquela noite foi conhecer o misterioso Osmond Hoffmann, primo de seu noivo. Naquele dia Aléxia deu seus primeiros passos em direção à armadilha preparada por uma ciumenta e invejosa deusa. E aquele que julgava ser o grande amor de sua vida poderia estar servindo de isca. O medo de perder àqueles a quem amava e o anseio por protegê-los fez com que a garota fugisse de casa e se aventurasse pelas lindas ilhas gregas. No entanto, havia muitas surpresas pelo caminho. Surpresas que aproximaram Aléxia da doce deusa lunar, Febe. Em meio ao perigo, à distância, às importantes missões a serem cumpridas e à uma grande fúria da qual se defender, a garota acaba por descobrir um grande segredo sobre sua existência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

- Sem ofensas
- Se seguir é só avisar que eu vou seguir de volta
- Deixe o URL do seu blog/site para que eu possa retornar a visita
- Eu sempre retribuo as visitas, mesmo se eu não comentar pode ter a certeza que eu o visitei.